sem desespero sem tédio sem fim

irmkar10set13-2

e não é que eu não gostasse de você, eu apenas não gostava da pessoa que eu era quando estava com você. porque a nossa mistura não deu em algo muito bom. porque você despertou em mim coisas adormecidas que eu preferiria esquecer – e eu imagino que daí, desse lugar onde você está, não tenha sido muito diferente. a verdade é que nós dois simplesmente não fizemos bem um pro outro, e quando acontece assim é melhor admitir de uma vez, encarar de frente, acertar as contas e seguir adiante, cada um no seu caminho. eu sei que o seu vai ser bonito, porque você tem merecimento. você é uma pessoa boa, tem um bom coração. tem muito a dar e dividir com alguém mais certo, mais afinado. e eu, bem. aqui do meu lado, eu acho que tenho o meu merecimento também. de acertar da próxima vez. de olhar em outros olhos, sentir algo bom e ver uma coisa bonita começando, nascendo, principiando. eu vou atrás disso, porque eu quero muito. e preciso também. *

* escrito em outubro de 1998

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s