dos charlatanismos

velhaoP-1

“(…) e os que desistem? conheço uma mulher que desistiu. e vive razoavelmente bem. o sistema que arranjou para viver é ocupar-se. nenhuma ocupação lhe agrada. nada do que eu já fiz me agrada. e o que eu fiz com amor estraçalhou-se. nem amar eu sabia, nem amar eu sabia. (…)” *

porque as pessoas são estranhas, no fim é isso mesmo: o ser humano é estranho. e eu me choco sempre, sempre. com a maneira das pessoas se relacionarem, aproveitando do que é do outro para os próprios fins. com a falta de cuidado, de empatia, de respeito. a gente fala muito nisso, em respeito. todo mundo fala, porque falar não custa. é palavrinha fácil na boca e no discurso, mas na hora de virar atitude, ah que trabalho que dá. falta o olhar, sabe? despido de preconceito, despido de interesse, o olhar nu que vê o outro pelo que ele é, e não pelo que ele pode ou pelo que me tem a dar. falta caminhar junto, mas junto de verdade, mãos dadas e tudo. sem egoísmo. sem egocentrismo. sem maldade. falta toda a gente saber que não é o centro do mundo, ninguém é. que nem sempre é sobre si, que nem sempre tem a ver consigo. e falta essa gente toda aprender a gostar. de verdade. sem escambo e sem interesse. um gostar destituído de posse, desprovido de qualquer malandragem, um gostar que não antevê vantagem, um gostar que existe sem qualquer compromisso, gratuitamente. porque amor, mesmo, é assim. assim é que é bonito. assim é que transforma. e no entanto o que eu vejo por aí é cada um na sua, por si, para si. deus contra todos, se é que deus já não está morto, como gritaram lá do alto da montanha. ele eu não sei, que nem sei se um dia viveu, mas quando eu passo os olhos por todos os cantos, o que eu mais vejo é gente vazia. morta por dentro. que não sabe gostar. que não sabe se dar. que não sabe ser. que não sabe de nada que valha a pena saber. ai, eu hoje como clarice amanheci em cólera. e alguma tristeza também.

* da Clarice Lispector, ‘Dies Irae’, in: “A Descoberta do Mundo” / foto: Renata Penna

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s