ao menos isso eu aprendi

bzgeribatartarugajfernandesP-182

hoje eu quero sair de vestido. porque a vida é bonita, e merece. hoje eu quero rodar as saias e brincar de roda, dar as mãos. eu quero sair por aí e ser feliz, assim sem mais. desapegar das teorias, dos porquês, despir-me das razões. sorrir arreganhando os dentes, gargalhar com barulho. hoje eu quero a rua toda colorida, com bandeirinhas. eu quero festejar, celebrar, comemorar. hoje eu quero ver a alegria salpicada pelas esquinas, enfeitando os becos, as curvas, os cantos mais escondidos, as tocas mais escuras. eu quero abrir os braços, ver a vida passar em desfile, toda enfeitada de plumas, lantejoulas e muita purpurina. eu hoje quero o sonho, o bonito da vida, a delicadeza, eu quero poesia. eu quero hoje achar graça nas coisas, ver doçura em quem vier cruzar comigo, dançar junto, fazer ciranda, ver o sol se recolher e chamar a lua para enfeitar a noite. hoje eu quero fazer bonito, fazer o meu sem cuidar do que é do outro, dançar até cair, jogar conversa fora e desperdiçar as horas em boa companhia. porque eu tenho direito, entende? porque a vida está aí, passando. acontecendo. e eu preciso ser, somente. existir contente, sem culpas. cultivar a leveza, esculpir no meu lado de dentro aquela esperançazinha insistente de criança, aquela ingenuidade bonita, lisinha, cheirosa. “só por hoje vou me lembrar que sou feliz”, vou sim.

foto: Renata Penna

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s