sobre ostras, e pérolas, e a vida acontecendo

fotomamifera.com.br

fotomamifera.com.br

o que é feito da gente, senão isso? o que tem de ser, é. a vida acontece à nossa revelia. resta viver. entregar o que se tem, abrir bem os braços, arregalar os olhos e o coração, e arreganhar os dentes chamando: que venha. o que tiver de vir, que venha; o que tiver de ser, que seja; o que tiver de existir, que exista e faça morada em mim se assim estiver escrito – destino, acaso, ou tenha o nome que tiver (não estou para discussões semânticas). sim, há o medo. ele se enfia sorrateiro pelos nossos buracos, arranhando-nos por dentro, fazendo sangrar. mas o bonito da vida, é isso: as coisas não são apenas as coisas em si, elas têm o seu outro lado. e o outro lado do medo, é a possibilidade. a porta, entreaberta. deixando ver uma fresta de algo que apenas se adivinha, que vem fazer cócegas nos cantinhos da alma, puxando pela mão e convidando a entrar na roda. a vida pulsa. é líquida. corre nas veias, não sabe parar. bonito é isso. lindeza de carregar todas as coisas debaixo do braço: dor alegria saudade tristeza gozo paúra desejo coragem e tudo aquilo que a gente não nomeia porque não carece palavrear – sentir basta, sacia. quem abre a boca para engolir a vida aos bocados não escolhe, não pode escolher. não tem barganha, não é jogo de azar. seja o que for, é sorte. é sim, ainda que a gente demore de se aperceber.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s