coração desejo e sina

finHC-68então ela me perguntou, em voz baixa e adocicada, e com um olhar pedinte que ruminava um fiapo de esperança: com o tempo, fica mais fácil? fez-se um silêncio. ela não disse mais nada, pôs-se a esperar a colheita da resposta possível, e a torcer para que fosse aquilo que desejava. eu olhei para ela. tão inocente, em seu desconhecimento do mundo pela pouca idade, pelas coisas vividas ainda de modo tentante, de quem desfaz a ponta de um embrulho de presente que só poderá abrir por inteiro depois, muito depois. eu olhei para ela. demoradamente, sem apressar-me. ela me fitava ansiosa, os dois olhos redondos e negros a suplicar-me um alento qualquer. senti-me prisioneira de uma ternura infinita, e quis dizer-lhe que sim. que sim, meu deus. que fica mais fácil, que dói menos, que já não se chora tanto. que chega um dia este momento de desavergonhada felicidade em que o coração aprende a zombar da dor, a colorir a tristeza com pincel grosso lambuzado de cores fortes, alegres e vivas. eu quis dizer que chega um dia que a gente tira de letra, samba por cima do desencanto, sapateia por sobre a tristeza e vai, sem se despedaçar por dentro, sem ficar em pedacinhos, sem revirar-se do avesso, sem sentir que morre um pouquinho por vez, que se perde de si em pequenos bocados. eu quis, eu quis muito. quis juntar num amontoado as palavras mais doces, meu melhor acalanto. eu quis cobri-la de bons presságios. eu quis dar a ela o que me pedia: alguma esperança, um bocado de fé. eu quis afagar-lhe os cabelos desalinhados com a resposta que tanto desejava, com tamanha avidez. eu quis. mas não pude. a essa altura, feliz ou desgraçadamente, já não sabia mentir. e precisei entregar-lhe a verdade, cuidadosamente, mas sem subterfúgios. e lhe disse que não. que não. que não fica mais fácil. mas que também não deixa de ser bonito. e que talvez, veja só. que talvez, seja por isso mesmo.

Anúncios

Um pensamento sobre “coração desejo e sina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s